Saiba como manter a sua casa sempre organizada

Quer saber como manter a sua casa sempre organizada sem precisar ficar se preocupando em limpá-la de 5 em 5 minutos? Esse pode ser o sonho de toda dona de casa, não é mesmo?

Pois saiba que esse sonho pode se tornar realidade, com alguns métodos e práticas bastante simples que podem ser realizados de forma natural durante seu dia a dia.

Pensando nisso, separamos algumas dicas especiais para te ajudar a manter a sua casa sempre organizada, de forma simples e sem precisar dispor de muito tempo ou mão de obra.

Então, se você ficou interessada, não deixe de acompanhar até a última linha para não perder nenhum detalhe!

É realmente possível manter a sua casa sempre organizada?

Essa é uma pergunta muito comum principalmente para aquelas donas de casa que têm crianças pequenas. Afinal, pode parecer praticamente impossível manter a limpeza e organização quando se tem pequenas mãozinhas e pezinhos andando para todo lado e mexendo em tudo.

Ademais, a organização da casa também pode ser um desafio para aquelas que, mesmo sem crianças pequenas, têm uma rotina corrida. Nesses casos, não sobra muito tempo para dispor na faxina ou organização de sua casa ou apartamento.

No entanto, é preciso ter em mente que a organização da casa não depende somente de tempo, já que com algumas atitudes e práticas ela se torna natural e assim fica mais difícil fazer com que o ambiente fique bagunçado ou mesmo sujo.

Contudo para se obter este efeito, que até parece mágico, é necessário pôr em prática alguns métodos e atitudes de forma consistente e regular.

Como manter a sua casa sempre organizada

1.Crie uma rotina para ter uma casa sempre organizada

A rotina é uma das melhores maneiras de se manter a organização da casa. Afinal, com o tempo ela se torna praticamente automática. Assim, ao invés de ficar organizando o ambiente o tempo todo você evitará que a desorganização e a bagunça se instale, somente seguindo sua rotina.

Cria também uma rotina de faxina, separando um ou mais dias específicos da semana para realizar certas tarefas, como lavar roupa, aspirar a casa e até lavar as portas e janelas.

Se acaso encontrar dificuldades em organizar sua rotina, invista em uma agenda ou mesmo um caderno para marcar a data em que as tarefas deverão ser realizadas.

2.Evite procrastinar

A procrastinação é uma das principais causas de uma casa bagunçada e desorganizada. Isso pois, em vez de resolver o problema ou limpar a bagunça de uma vez, você fica “empurrando com a barriga” e acaba criando uma bola de neve de bagunça e desorganização.

Por isso, comece a exercitar a resolução imediata dos problemas de desordem em sua casa, ou seja, sempre que se deparar com algo fora do lugar ou sujo, arrume imediatamente, evitando que o problema se instale de vez.

3.Se atente a decoração

De nada adianta implementar uma bela decoração e lindos objetos decorativos por toda sua casa, se eles acabaram ofuscados pela desordem ou desorganização no layout do ambiente.

Por isso tenha em mente que “menos é mais” na hora de decorar sua casa. Aposte em itens de fácil limpeza e aqueles que não são difíceis de higienizar ou até mesmo mover do lugar.

Uma decoração prática e minimalista também pode ficar deslumbrante aliada a uma boa organização do ambiente.

4.Tenha um lugar específico para cada coisa

A falta de espaço também contribui muito para a desorganização de sua casa. Por isso, atente-se a separar um espaço específico para cada item ou categoria, evitando assim a desordem.

Comece separando todos os itens do cômodo por categorias como, por exemplo, livros, brinquedos ou produtos de higiene ou beleza. Feita a separação, você terá a exata dimensão da quantidade de coisas que você possui. Com isso saberá o tamanho do espaço necessário para comportar cada categoria.

5.Se livre das coisas desnecessárias

O excesso de objetos além de ser um desperdício ainda contribui e muito para a desordem. Por isso, sempre faça uma limpeza e separação de itens que você, porventura, não utiliza mais.

Faça uma separação bastante específica entre itens em bom estado que se pode vender, itens em bom estado que se pode doar e aqueles que já não servem mais e precisarão ir para o lixo.

Tenha também em mente o consumo consciente e sempre pondere se você realmente precisa daquilo antes de levar para casa. Assim, nunca adquira em demasia coisas que você não irá realmente precisar. 

Afinal, essa prática pode ser prejudicial tanto para sua vida financeira, quanto para a vida no planeta, já que cada objeto necessita de recursos para serem fabricados e, ao serem descartados podem causar poluição no meio ambiente.

Comentários estão fechados.