O que avaliar na estrutura de um imóvel antes de fechar o negócio?

Por mais que adquirir um imóvel junto à imobiliária seja algo seguro e com total suporte de profissionais, por ser um investimento relativamente alto, é importante redobrar os cuidados e ficar atento a detalhes que podem fazer toda a diferença no dia a dia e qualidade de vida. Um bom exemplo é a estrutura do imóvel, que pode apresentar sinais como infiltrações e rachaduras. Quando não tratados e corrigidos, eles podem comprometer todo o imóvel. Contudo, existem ainda outros itens mais discretos que passam despercebidos, mas que escondem problemas sérios no local.

Então, pensando nisso, preparamos o post de hoje para falar o que você deve avaliar na estrutura do imóvel antes de fechar negócio. 

1. Fissuras, trincas e rachaduras

As fissuras são aberturas superficiais, com até 0,5 mm, podendo ser encontradas em paredes com pintura ou azulejos. É importante deixar claro que elas não indicam necessariamente um problema estrutural no local, mas se não forem cuidadas, podem evoluir e trazer problemas para a construção, além de prejudicar a estética e a durabilidade dos materiais.

Já as trincas têm entre 0,5mm e 1mm, exigindo maior atenção, pois indica problemas de estrutura na propriedade. Por fim, as rachaduras são ainda maiores e mais fáceis de identificar, promovendo grandes riscos à estrutura e aos moradores. 

2. Mofos e bolores

Além de prejudicarem a estética do imóvel, mofos e bolores também afetam a saúde dos moradores, principalmente quem já possui algum tipo de problema respiratório. Elas podem provocar mau cheiro no ambiente, surgindo devido à proliferação de fungos no local, sendo mais comuns em cômodos quentes e úmidos, como o banheiro ou lavandeira. É importante lembrar ainda que esses podem ser indícios de outros problemas, como infiltrações e vazamentos nas tubulações. Portanto, merecem atenção especial para garantir que não causem problemas estruturais. 

3. Paredes descascando

Ainda que possa ser apenas um sinal de que a propriedade já é mais antiga, dependendo do caso, paredes descascando também indicam certos problemas. Isso porque, elas podem ser causadas pela presença de grande umidade, vazamentos e infiltrações ou ainda má utilização dos materiais. Inclusive, quando sua origem é pela infiltração, o problema é mais complexo, exigindo profissionais capacitados para corrigir esse problema e eliminar a causa. Caso contrário, o imóvel fica feio, com aspecto de abandonado, desvalorizando-se perante o mercado, além de prejudicar os negócios relacionados à propriedade. 

4. Falhas no revestimento 

É comum que revestimentos como azulejos, placas e pisos se desloquem um pouco. Contudo, o motivo que causou esse tipo de falha pode ser, na verdade, um problema na estrutura do imóvel, exigindo muita atenção. Um dos principais é a falha no assentamento dos materiais, ou seja, esse problema começou quando o imóvel estava ainda sendo construído ou reformado. Mas, além disso, pode indicar também vazamentos e infiltrações. 

Portanto, é essencial que azulejos e pisos estejam sempre em bom estado, pois além de deixarem a propriedade mais bonita, ainda bloqueiam agentes externos prejudiciais, impedindo o desgaste e deterioração de materiais utilizados na construção. Nesse sentido, caso note algum problema com o revestimento, é importante investigar mais a fundo. 

5. Falhas de concretagem

Falhas no concreto nada mais são do que os espaços que não foram preenchidos no concreto, podendo estar em pilares, paredes, vigas e lajes. Elas são perigosas, sendo que as causas podem ser desde um erro durante a construção, até deformações na estrutura. Isso prejudica não apenas a beleza do imóvel, mas também sua estrutura, afetando sua resistência e durabilidade. Inclusive, podem até mesmo evoluir para problemas mais sérios, como a deformação ou até mesmo colapsar. Portanto, é essencial ficar atento a esses espaços vazios e contar com a ajuda de profissionais qualificados para realizar o reparo. 

6. Instalações elétricas e hidráulicas

Por fim, as instalações elétricas e hidráulicas são elementos fundamentais em uma casa ou apartamento, merecendo muita atenção na hora de visitar a propriedade. Portanto, não deixe de analisar se existe alguma fiação exposta e que possa causar algum tipo de risco, se há disjuntores suficientes para atender às necessidades da casa, quantidade de tomadas, etc. Em relação ao projeto hidráulico, é importante ter em mente que na maior parte das vezes, problemas como infiltrações e vazamentos são resultados de instalações mal feitas. Para garantir maior tranquilidade, faça um teste, fechando todas as saídas de água e checando o medidor. Se o ponteiro não parar, isso significa que há vazamento em algum lugar da casa ou apartamento.  

Então, agora que você sabe quais são os principais pontos que precisam ser avaliados na estrutura de um imóvel, já pode começar a analisar com maior clareza os imóveis que visitar. Obviamente, a imobiliária terá propriedades em bom estado em seu portfólio, mas ainda assim, ter conhecimento sobre o assunto é fundamental para garantir ainda mais segurança e tranquilidade para essa transição tão importante.

Comentários estão fechados.