Missa da Meia Noite: uma série para quem curte terror e mistério

Descubra tudo sobre a Missa da Meia Noite

A produção da Netflix Missa da Meia Noite é do mesmo criador das séries A Maldição da Residência Hill. E a Maldição da Mansão Bly. Então, se você já conhece as produções anteriores do autor, já sabe o que esperar.

Estamos falando de uma série de terror, mas que ao mesmo tempo levanta questões profundas sobre temas como: vida após a morte, fé e fanatismo religioso, a existência de milagres e as relações humanas.

Segundo o site The Geeki assim como séries anteriores de Mike Flanagan, você vai levar muitos sustos em Missa da Meia Noite. Além disso, terá o privilégio de assistir uma história muito inteligente e com um final surpreendente.

O enredo de Missa da Meia Noite

Desde o princípio fica claro que a questão religiosa domina o enredo da série. Pois, a história da trama se passa em uma pequena cidade católica na ilha Crockett. Além disso, o recém chegado padre Paul está chamando a atenção do fiéis.

Paul é um pregador jovem e muito carismático. Logo, seu carisma, seriedade e interpretação única das escrituras bíblicas começam a chamar novamente a comunidade para a igreja.

Não demora muito e milagres começam a acontecer. Por exemplo, uma adolescente, filha do prefeito, volta a andar depois de anos em uma cadeira de rodas.

Annie, outra residente do lugar, simplesmente descobre que seus olhos não precisam mais do uso de óculos. E coisas extraordinárias como essa começam a acontecer com outras pessoas.

Missa da Meia Noite tem um residente que não é muito bem-vindo

No entanto, a série não começa com a chegada do padre Paul. Pois, a história inicia com um retorno de Riley Flynn, que volta à comunidade após cumprir 4 anos de prisão.

Riley foi preso após atropelar uma jovem enquanto dirigia embriagado. Infelizmente, a moça não sobreviveu e ele acabou na prisão. Portanto, agora ele retorna a ilha em liberdade condicional.

Acontece que a comunidade tem apenas 127 pessoas. E para o azar de Riley, todos sabem quem ele é e o que ele fez. Logo, Riley se torna uma espécie de pária da sociedade.

Para completar sua história de vida trágica, sua mãe era fisicamente e psicologicamente abusiva com ele. Contudo, Riley acabou se casando com uma mulher muito parecida. Agora, de volta à Ilha, ele tem muitos traumas a superar e pesadelos que o atormentam.

Uma comunidade que se agarra a fé e uma pessoa que não acredita

Muitas pessoas que residem na ilha da série Missa da Meia Noite viveram ali a vida toda. Portanto, a maior parte dos residentes tem vários ancestrais enterrados no lugar. E toda a sua história de vida está ali também.

Mas, há pessoas que vieram de fora com histórias traumáticas para superar. Por exemplo, o xerife Hassan, que se mudou para a ilha pacata na tentativa de superar o falecimento de sua esposa. E dar uma vida melhor ao seu filho.

Já a atividade econômica do lugar é a pesca. No entanto, alguns anos atrás um grave derramamento de óleo afetou seriamente a atividade pesqueira no lugar.

Logo, todas as pessoas na ilha precisam de motivos para ter esperança. E quando os milagres começam, todos acreditam, menos Riley. Ele é simplesmente uma pessoa que não acredita, um ateu.

Uma criatura estranha que vivia no deserto

Em determinado momento, Missa da Meia Noite mostra que o personagem Monsenhor Pruitt encontra uma criatura estranha. Era um vampiro que vivia numa caverna em um deserto no Oriente Médio.

Após se perder e ter contato com a criatura, que o alimentou com o próprio sangue, como Monsenhor ficou jovem milagrosamente. E todas as pessoas que tiveram contato com o sangue da criatura ficaram milagrosamente curadas.

Contudo, Riley acaba sendo transformado em um vampiro pela criatura. Ironicamente, ele era a única pessoa que não acreditava. No final, o padre Paul lamenta suas ações após um grupo de fanáticos religiosos começar a matar os considerados não crentes.

Leia também: O Que É Agência Magento 2? Descubra Como Montar Seu E-Commerce Lucrativo

Comentários estão fechados.