Como funciona o seguro de carro?

Basicamente um seguro de carro é firmado entre o dono do carro e uma seguradora contratada, em que será pago uma taxa para o seguro, e em caso de problemas a seguradora irá ressarcir o valor do bem, caso seja cumprido as regras previstas nas apólices.

Como funciona a franquia?

Em resumo, a franquia é um valor que o segurado deverá pagar à seguradora caso ele se envolva em alguma ocorrência e precise acionar a seguradora para concertos. Este valor é cobrado em caso de conserto parcial ou concerto total, e este preço irá variar e normalmente é fechado no momento da aquisição do seguro.

Normalmente em caso de PT – Perda Total este valor não é cobrado, somente caso no momento do ocorrido haja colisão com veículos de terceiros. Normalmente o valor cobrado para carros de terceiros é acertado no momento da contratação.

Como é calculado o valor de um seguro de um carro?

Normalmente o valor do seguro de automóvel é calculado a partir das tabelas de valores de mercado. E após isso, ela começa a determinar quais são os riscos que aquele carro poderá estar sofrendo. No momento da contratação é preenchido um extenso questionário para saber e delinear o perfil do segurado e cruzar com as bases de dados.

Normalmente o endereço onde o proprietário reside ou o local onde ele irá ficar no trabalho entram na regra, e os índices de roubo naquela região, ou até mesmo os de ocorrência envolvendo roubos daquele modelo específico de carro.

Quanto custa o seguro total de um carro?

Essa pergunta é bem simples de ser respondida. Não existe de fato uma tabela de valores a serem cobrados por cada modelo. Os fatores citados acima influenciam no preço que será cotado para aquele perfil de usuário.

Vale lembrar que estes valores irão variar de seguradora para seguradora, pois cada uma tem uma forma de precificação.

Como funciona no momento de acionar o seguro do carro?

Caso você se envolva em um sinistro, você terá de fazer o boletim de ocorrência, e em seguida informar a sua corretora ou seguradora, elas possuem centrais de atendimento aos clientes, e funcionam 24 horas por dia.

Esta regra de boletim de ocorrência é necessária caso o acidente envolva o seu carro e terceiros, ou o roubo/furto. Nele deverá constar todos os dados do ocorrido, desde o horário, local exato do acontecimento, nome dos envolvidos para confirmar a veracidade.

Após isso, iniciará o processo de validação do sinistro, e será verificada a possibilidade de se pagar franquia ou não.

Quando devo pagar a franquia do seguro de um carro?

A franquia normalmente é paga, quando ocorre um problema parcial no veículo do cliente segurado, e se o concerto for possível de ser feito. Se isso for constatado, o valor da franquia deverá ser pago conforme os valores que foram acordados no momento da contratação do seguro.

Como é feito o pagamento da franquia do seguro?

O valor de pagamento para a seguradora deve ser feito diretamente a ela, e em alguns casos ela solicita que os valores sejam pagos à oficina ou ao profissional que irá efetuar o reparo no carro. Fique calmo, informe-se com a central ou com sua corretora ou agente de seguros.

Caso os valores fiquem acima da franquia, a sua seguradora irá efetuar o pagamento da diferença.

Seguro de carros alugados existe?

Sim! Todo carro de seguradora tem seguro, e este custo é dividido entre ela e o cliente que optar pelo aluguel do veículo. Cada seguradora tem regras diferentes para segurar a sua frota, sendo assim, procure conversar e entender como funciona aquela determinada empresa locatícia.

Normalmente, elas fazem o seguinte: Adicionam no valor do preço da locação e discriminam os valores referente ao contrato de seguro. Elas informam se estes valores cobrem terceiro ou não, e caso não esteja especificado, procure verificar e optar. Alugue sempre carros com proteção para terceiros.

Leia com cuidado o contrato de locação antes de fechar o negócio com a sua seguradora ou locadora de carros.

Como funciona seguro de carros mais antigos?

Normalmente, se o seu veículo tem mais de 10 anos de fabricação, você deverá verificar com a sua seguradora ou fazer uma cotação com várias para verificar os valores que irão ser cobrados. Normalmente elas oferecem proteção contra: roubo, furto, colisão, assistência e guincho 24 horas.

Mas, dependendo do seu carro, nem todas essas opções estarão disponíveis.

Comentários estão fechados.