Como fazer uma boa gestão empresarial?

O mercado está cada vez mais competitivo. Muitos podem pensar que para se destacar é preciso de uma ideia de produto ou serviço mirabolante. O que realmente diferencia um negócio do outro e determina o sucesso de uma empresa é a gestão empresarial.

Segundo dados do Serviço Brasileiro de Apoio às Micro e Pequenas Empresas , mais de 20% das empresas permanecem funcionando depois de dois anos no mercado. Após 5 anos funcionando, 6 em cada 10 empresas fecham as portas.

O motivo? De acordo com o SEBRAE, 25% dos casos de falência acontecem por má administração. Imagine quantos empresários brilhantes encerraram suas atividades por falta de uma boa gestão.

De fato, não é fácil garantir o pleno funcionamento de uma empresa. Entretanto, independentemente do porte e segmento do negócio, ter uma boa gestão empresarial faz toda a diferença.

Na realidade, colocar essa estratégia em prática pode ser determinante para o sucesso de uma empresa – ou seguir o caminho dos dados demonstrados anteriormente. Qual lado você, empresário, quer estar? 

Do lado das empresas de sucesso! Para te ajudar nesse processo, vamos explicar o que é gestão empresarial. Essa estratégia visa o crescimento contínuo das operações. 

Confira também, algumas dicas de como fazer uma boa gestão de empresas e algumas ferramentas que podem tornar esse processo mais fácil. 

O que é gestão empresarial

Gestão empresarial então é um conjunto de estratégias focadas em 3 pilares de uma empresa: pessoas, estrutura e finanças. São recursos essenciais para toda organização crescer no mercado. 

Essa gestão visa não apenas a sobrevivência de um negócio, mas seu crescimento contínuo. Como? analisando periodicamente as estratégias adotadas naquele período a fim de melhorá-las e otimizá-las sempre que possível. 

Gestão empresarial aborda métodos eficazes para mensurar problemas, se antecipar a falhar, evitar erros, corrigi-los, analisar os resultados da empresa e entender onde e como melhorá-los.

Todos os departamentos internos de uma empresa são impactados com essa gestão. Há estratégias específicas para cada um deles, como organizar os principais processos, controlar finanças, administrar recursos humanos, matéria prima para produção, marketing digital, entre outras funções. 

Afinal, um negócio funciona se todos os setores estiverem com bom desempenho e alcançando suas metas individuais. 

Gestão empresarial na prática

Ficou claro? Pensando na teoria, pode parecer simples. Mas não é. Na realidade é bastante trabalho no qual exige muito esforço. Para não ficar no mundo das ideias, é importante visualizar uma boa gestão empresarial no seu negócio. 

Como dissemos, daremos algumas dicas de como fazer. Entretanto, cada empresa tem suas necessidades, pontos fortes e fracos. Então, entenda as principais medidas dessa estratégia e aplique as que mais combinam com seu negócio.

 Basicamente, são estratégias direcionadas a todas as áreas da empresa que visam melhorar o desempenho de cada equipe para que os resultados em grupo também melhorem. 

Na prática, isso é feito pela análise dos processos atuais, encontro de falhas e apresentação de soluções para minimizá-las. Com isso, é feita a estruturação e otimização de processos.

Também é necessário fazer o controle de finanças, delegação de tarefas aos funcionários de forma inteligente, administração dos materiais e recursos de mão de obra, ter em mente a satisfação do cliente, elaborar bons planos de venda, meios de divulgação, gestão de pessoas, entre outras medidas. 

A gestão empresarial pode ser feita pelo dono da empresa, uma equipe de gestão ou um software. Isso mesmo!

Software de gestão empresarial 

O software de gestão empresarial, conhecido como ERP, é um programa que automatiza diversos processos operacionais das empresas, como preenchimento de planilhas, cobrança de valores, monitoramento de ponto e organização de cronograma dos funcionários, por exemplo. 

São atividades que tomam muito tempo dos profissionais. Horas que poderiam ser usadas para o planejamento de estratégias ativas de crescimento, meios de divulgação, métodos novos de venda  e tudo que traga mais resultados.

Os softwares de gestão empresarial podem desempenhar desde processos administrativos, financeiros e logísticos, até os comerciais, de vendas ou industriais. 

Esses sistemas são tecnológicos, podendo trabalhar na área das finanças, serviços, controladoria, manufatura, mercado, custos,suprimentos, qualidade, documentos eletrônicos com precisão, sem falhas e agilidade. 

Esses programas auxiliam os empresários a fazerem boas gestões empresariais de forma mais otimizada, simples, organizada e rápida. Os softwares ainda podem gerar relatórios com dados fundamentais para o pleno entendimento do que está acontecendo com a empresa. 

Desde atividade dos colaboradores, eficiência de algum setor, quais estratégias estão dando certo e quais precisam ser repensadas, entre outros dados importantes para seguir otimizando os processos internos até chegar no modo de trabalho perfeito.