terça-feira, fevereiro 20

    Se por um lado a recente e recorde alta do bitcoin  atingiu patamares incríveis, levando muitos investidores ao delírio e chamando a atenção dos, até então, céticos, que ainda não acreditavam no potencial das criptomoedas, por outro lado, a queda abrupta da moeda, como resultado da crise econômica mundial, serviu para reforçar sua grande  volatilidade.

    Mas, o fato é que as criptomoedas entraram no jogo e hoje já são consideradas ótimos investimentos, porém, ainda um terreno desconhecido para muitos que, nem mesmo sabem, que por trás de bons resultados existe a presença de uma boa Exchange.

    Para quem não sabe, Exchange nada mais é que uma corretora de criptomoedas, a qual deve ser muito bem escolhida, e isso porque ela que vai ser a responsável pelas transações.

    Ou seja, decidir entrar para o mundo das criptomoedas é fácil e justificável, o difícil é saber como negociar as moedas ou, de uma forma mais específica, qual corretora de criptomoedas escolher.

    O que é uma corretora de criptomoedas?

    Quem pretende entrar agora para o mundo das moedas digitais, precisa saber a importância de uma Exchange, ou corretora de criptomoedas, que é a responsável pela compra e venda de  diferentes criptoativos.

    É uma plataforma onde investidores podem negociar criptoativos por outros ativos, como moedas fiduciárias, por exemplo, ou outras criptomoedas.

    O problema é que existem diversos tipos de corretoras, sendo fundamental pesquisar muito antes de decidir com qual irá negociar, pois as taxas e serviços oferecidos se diferem de corretora para corretora, assim como a segurança, transparência e  suporte oferecido.

    É preciso considerar que, por ser intermediário das transações, uma Exchange tem a custódia sobre os ativos dos clientes, ou seja, tal como em um banco, o investidor mantém seu dinheiro em propriedade da empresa, confiando de que sempre que precisar poderá transferi-lo ou sacá-lo como bem entender.

    Por isso, a importância de escolher uma corretora de nome no mercado, como a KuCoin, por exemplo que, entre outras coisas, oferece um suporte de 24 horas por dia, facilita o acesso à últimas informações sobre o mundo das criptomoedas, informa, em tempo real, a cotação das principais moedas digitais.

    O que avaliar em uma corretora de criptomoedas

    Antes mesmo de querer saber como comprar bitcoin, ou qualquer outra moeda, precisa acertar na escolha da corretora de criptomoedas, pois ela que vai realizar as transações, até porque, a plataforma escolhida deverá dar o suporte que precisa para saber como e quando adquirir uma determinada moeda digital.

    Por isso, confira abaixo o que considerar na hora de escolher a melhor corretora: 

    • Usabilidade: a plataforma tem que ser intuitiva, com acesso fácil a todas as informações e serviços.
    • Nome do mercado: confira se a corretora possui muitos usuários, a KuCoin, por exemplo, conta com milhões de usuários de mais de 200 países e suporta mais de 20 idiomas.
    • Variedade de moedas: é preciso saber se a corretora trabalha com uma ampla biblioteca de altcoins, inclusive, moedas promissoras que não são encontradas em outras exchanges.
    • Facilidade na compra de moedas: busque corretora que permita a compra de moedas de uma forma simples e livre de burocracia, com cartão de crédito, transferência bancária, Apple Pay ou outras opções.
    • Cotação em tempo real: é importante saber se a plataforma oferece gráficos mostrando as cotações das principais moedas, em tempo real, para facilitar na hora de comprar, ou negociar, moedas digitais.
    • Suporte: verifique a qualidade do atendimento ao cliente, se a corretora oferece suporte para esclarecer qualquer dúvida, 24 horas por dia, 7 dias da semana.

    Compartilhe.
    Avatar de Nathan López Bezerra

    Formado em Publicidade e Propaganda pela UFG, Nathan começou sua carreira como design freelancer e depois entrou em uma agência em Goiânia. Foi designer gráfico e um dos pensadores no uso de drones em filmagens no estado de Goiás. Hoje em dia, se dedica a dar consultorias para empresas que querem fortalecer seu marketing.