Conheça as principais lesões causadas pelo excesso de exercícios físicos

Você sabia que mais de 50% dos problemas no treino, são geradas devido a lesões causadas pelo excesso de exercícios físicos?

Nas academias é bem comum ouvir relatos de pessoas que julgam seus treinos muito leves, principalmente se você é um iniciante cheio de ânimo

No entanto, é importante que você saiba, que essa disposição extra para os treinos pode provocar muitos problemas.

Assim, toda essa sobrecarga nos exercícios causa lesões musculares e até mesmo diversas inflamações.

E o pior é que essas lesões podem te tirar dos treinos por até 6 meses.

Portanto, para você entender mais sobre o assunto, citaremos as principais lesões causadas pelo excesso de exercícios físicos.

Distensão muscular

A distensão muscular está dentre as principais e mais presentes lesões causadas pelo excesso de exercícios físicos

Dessa forma, ela pode ser gerada desde um simples estiramento na fibra muscular ou tendão, ou até uma ruptura pequena.

Nesse sentido, apesar de ser um problema mais simples, a distensão causa dor e impossibilita o uso do membro até que seja tratada.

O seu tratamento exige acompanhamento médico, compressas e repouso.

Além disso, dependendo do nível da lesão, é preciso até mesmo realizar sessões de fisioterapia.

Fratura de estresse

É muito provável que alguma vez, você já tenha ouvido falar sobre a famosa fratura causada pelo estresse do músculo.

Dessa forma, estamos falando de microfraturas que vão surgindo no osso quando expostas ao exercício extenuante.

No entanto, os ossos afetados não chegam a sofrer uma fratura completa, mas essas pequenas rachaduras já são suficientes para causar dor e dificuldade para andar.

Essa fratura de estresse acontece principalmente em pessoas que praticam atividades físicas sem orientação profissional.

Além disso, também ocorre em amadores quando começam uma nova atividade, como a corrida de rua, por exemplo.

Tendinite

A tendinite é uma inflamação no tendão, que ocorre principalmente pelo esforço repetitivo de determinado músculo, sem dar descanso.

Por exemplo: a dor no ombro é um dos sintomas mais característicos da tendinite, principalmente por quem prática musculação de forma inadequada.

Isso porque essa é a parte do corpo que mais sofre com o esforço, principalmente em exercícios que envolvem os membros superiores.

Além disso, a tendinite também pode surgir no pulso, braço, joelho e calcanhar.

Todos esses tipos podem surgir pelo excesso de exercícios, mas caso venha a persistir, o ideal é procurar um médico especialista em ombro, ou na área que vier a ocorrer a Tendinite.

Ruptura de ligamentos

Se você já ouviu falar ou conhece alguém que já sofreu uma distensão muscular, sabe que a ruptura de ligamentos é bem semelhante, só que bem mais grave.

Nesse sentido, a sua principal característica é o rompimento total do músculo ou tendão, o que impede totalmente a mobilidade do membro.

Ou seja, na maioria das vezes, com ruptura desses ligamentos, o paciente pode até ficar sem conseguir movimentar, por um certo período.

Algumas pessoas relatam período de até 6 meses, para recuperar totalmente.

Lembrando que essas rupturas acontecem até mesmo por um simples pisar errado, o que acaba tornando uma das lesões causadas pelo excesso de exercícios físicos mais perigosas.

Portanto, por isso que para evitar essas rupturas, é importante um acompanhamento de um profissional, que siga as recomendações impostas pelo CONFE          F(Conselho Federal de Educação Física)

Overtraining

Esse não é efetivamente um tipo de lesão causada pelo excesso de exercícios, mas é um problema bem comum, principalmente em atletas.

Isso acontece quando os treinos são muito intensos e ultrapassam os limites do corpo.

Até porque, a repetição desses treinos causa uma estafa em todo o organismo.

Os níveis hormonais, sistema imunológico e psicológico são alterados e toda a rotina do atleta é afetada.

Por conseguinte, além de causar dores, o overtraining também causa insônia, irritação, perda da resistência física e dificuldade de completar treinos até mais leves.

Assim, muitas das vezes, para o tratamento é preciso tempo de fisioterapia, tratamento psicológico e ajuste das taxas hormonais.

Dicas para evitar os problemas causados pelo excesso de exercícios físicos

Anteriormente, você viu que sim, existem diversas lesões causadas pelo excesso de exercícios físicos.

Além disso, foi possível notar que muitas delas são graves, e que podem trazer grandes prejuízos para você.

Então, para lhe ajudar a conseguir melhores resultados, citaremos algumas dicas para evitar problemas causados pelo excesso de exercícios físicos:

  • Siga sempre as orientações de um profissional;
  • Diminua o ritmo dos exercícios físicos;
  • Intercale treinos mais brandos com treinos mais intensos;
  • Diminua a frequência dos treinos, ter um dia de descanso ajuda nos resultados e evita as lesões;
  • Certifique-se de que a realização dos treinos esteja correta;
  • Não se esqueça de realizar aquecimento antes e depois de cada treino;
  • Não tenha pressa, os resultados virão com o tempo.

Considerações finais

Você sabia que o excesso de exercícios físicos poderia trazer essas diversas lesões ao seu corpo?

Portanto, depois do que foi dito, você não terá mais problemas com isso.

Compartilhe com os amigos se gostou destas dicas.