9 melhores cidades para andar de bicicleta no dia a dia

É fato que a mobilidade urbana nas cidades brasileiras, especialmente quando falamos em grandes centros está se tornando cada vez mais crítica, devido ao aumento da motorização individual e pouco investimento em transporte público. Nesse sentido, as bicicletas surgem como solução para alguns problemas, principalmente os relacionados aos âmbitos social e ambiental. Não à toa, são consideradas pela ONU (Organização das Nações Unidas), o veículo mais sustentável do planeta. Ainda que nosso país não seja o principal modelo nesse quesito, muitas cidades têm investido em melhorias. Então, confira no post de hoje quais são as melhores para andar de bicicleta. 

1. Itajaí, Santa Catarina

Itajaí é uma cidade com belezas naturais incríveis, com praias de tirar o fôlego e mata preservada, sendo um verdadeiro paraíso para ciclistas. Com boa economia, infraestrutura e opções de lazer, muitos, inclusive, procuram por uma imobiliária na Praia Brava em Itajaí, visto que é uma das regiões mais valorizadas do município. Quando falamos em mobilidade urbana, a cidade investe muito bem, pois além de ciclovias, realizou instalações de estações de bicicletas para apoio aos ciclistas. Além disso, também lançou roteiro, aplicativo e sinalização física para incentivar o cicloturismo na região. São diversas rotas, passando pelos apartamentos na Praia Brava em Itajaí, centro, Laranjeiras, etc.  

2. Brasília, Distrito Federal

A capital brasileira possui 586,5 km de malha cicloviária, além de ser uma cidade plana, ideal para utilizar a bicicleta para as tarefas do dia a dia. Caracterizada por ruas largas e sem chuvas durante a maior parte do ano, Brasília conta com faixas exclusivas para as bicicletas, além de ser bastante elogiada pelos ciclistas, tanto moradores quanto visitantes. 

3. São Paulo, São Paulo

São Paulo foi uma das primeiras cidades do país a implantar ciclovias no Brasil e atualmente conta com quase 700 km de malha cicloviária, considerada uma das mais extensas da América Latina. No entanto, há ainda uma certa preocupação com possíveis roubos, dependendo da localização. 

4. Rio de Janeiro, Rio de Janeiro

A capital carioca possui mais de 458 km de malha e, atualmente, ocupa o terceiro lugar no ranking brasileiro. O trajeto é incrível, pois permite acompanhar a orla com seu visual de tirar o fôlego, além de transitar pela cidade com maior segurança. Inclusive, vale destacar que o Rio de Janeiro já foi destaque, sendo a única cidade do país a aparecer no relatório The Copenhagenize Index, nas edições de 2011 e 2013, ocupando o 18º e 16º lugar, respectivamente. 

5. Fortaleza, Ceará

No ano de 2016, a cidade de Fortaleza comemorou o recorde histórico na promoção de segurança para os ciclistas no trânsito, aplicando em 154% a malha cicloviária da cidade. Com essa iniciativa, a capital cearense passou dos 72,9 km ao final de 2012 para 185,2 km de rede cicloviária. Em julho de 2018, o número já tinha aumentado para 229,6 km, garantindo a quarta posição durante o levantamento. Em constante ampliação, atualmente a cidade conta com 409,9 km de ciclofaixas, ciclovias, ciclorrotas ou passeios compartilhados distribuídos por todas as regiões da capital. 

6. Salvador, Bahia

Salvador possui cerca de 310 km de ciclovia, ciclofaixas e ciclorrotas, interligando os mais diferentes pontos e proporcionando mais conforto e praticidade para os ciclistas enquanto pedalam. São muitos lugares beneficiados com as ciclovias na capital e, com isso, diversos pontos receberam um espaço voltado apenas para a passagem de bicicletas, contribuindo significativamente para a mobilidade urbana, além de promover maior segurança ao trânsito. 

7. Curitiba, Paraná

Muitos afirmam que Curitiba é a melhor capital brasileira para quem quer andar de bicicleta no dia a dia. Isso porque, possui menos de 2 milhões de habitantes e seu trânsito não é tão intenso, proporcionando maior prazer e segurança durante o trajeto. Em julho de 2018, a cidade ocupava a sexta posição, com 204.2 km de malha cicloviária, sendo que a meta da prefeitura é chegar até 408 km de estrutura até 2025.  

8. Rio Branco, Acre

Rio Branco possui um sistema de ciclovias abrangente, funcional e em constante expansão. Inclusive, a capital do Acre possui a maior rede cicloviária per capta do país, com cerca de 160 km de vias cicláveis projetadas para cerca de 300 mil habitantes. Além disso, é a capital brasileira que mais investe nesse quesito. 

9. Aracaju, Sergipe

A capital do Sergipe vem crescendo e se destacando como uma das principais cidades para andar de bicicleta no Brasil, com o intuito de atingir os 100 km de malha cicloviária, sendo que atualmente possui cerca de 70 km. 

Então, como você viu, existem cidades espalhadas pelo nosso país que investem em mobilidade urbana para as bicicletas. Essa é uma tendência que cresce cada vez mais, conquistando países de todo o mundo e que vem ganhando espaço no Brasil. No entanto, para isso, é importante realizar investimentos em vias para esse tipo de veículo, a fim de garantir a segurança de todos, assim como a durabilidade das bicicletas.

Comentários estão fechados.