quarta-feira, fevereiro 21

    Você já tentou investir? Ao longo dos anos, cada vez mais pessoas começaram a se envolver em oportunidades de investimento, especialmente agora que mais ativos ou componentes de carteira estão surgindo gradualmente. Se você está planejando fazer alguns investimentos, mas não sabe como e por onde começar, nós explicamos.

    Criamos uma lista de alguns dos tipos mais comuns de carteiras de investimento para você conferir. Mas antes de começarmos, vamos dar uma olhada rápida no que é um investimento e como ele funciona.

    Investimento em poucas palavras

    Um investimento é um item ou ativo que você usa para gerar renda ou dinheiro. Também pode significar a quantidade total de dinheiro que você aplica para comprar ativos para planos financeiros de longo prazo. Simplificando, investir é alocar uma quantia de dinheiro em um determinado ativo com a expectativa de que ele aumente de valor ao longo do tempo. 

    Ao investir, existe uma coisa chamada carteira de investimentos. Trata-se um conjunto de itens financeiros, chamados classes de ativos, que um investidor possui ou um grupo de investimentos usado por um investidor para ganhar dinheiro ou obter lucro preservando o capital. 

    Seguem alguns exemplos dos ativos financeiros nos quais você pode investir e encontrar em uma carteira de investimentos:

    • Ações. Ações são partes ou frações do capital de uma empresa. Isso significa que, se você comprar ações de uma empresa, se tornará seu acionista ou coproprietário. Muitas vezes, o tamanho da propriedade do investidor depende do número ou percentual das ações que detém. 

    Quando investe em ações, você ganha retorno com uma parte dos lucros auferidos pela empresa por meio de dividendos que ela distribui a seus acionistas. Um dividendo é uma participação nos lucros acumulados de uma empresa que ela paga a seus acionistas ou coproprietários.

    Também é importante notar que as ações podem ser vendidas a um preço mais alto depois de compradas. No entanto, o preço dependerá do desempenho da empresa e do mercado. As ações são o componente mais comum de uma carteira de investimentos. Devido ao risco da volatilidade das ações, elas também são conhecidas como o ativo de maior risco e maior retorno.

    • Títulos. Títulos, ou instrumentos de renda fixa, são o que empresas ou governos usam para arrecadar dinheiro com investidores dispostos a emprestar dinheiro por um determinado período ou até uma data de vencimento.

    Para entendê-los, pense nos títulos como um empréstimo feito por um investidor. Quem toma emprestado usa o dinheiro para operações específicas, e o investidor ou credor recebe juros sobre o investimento feito. Para simplificar, quem toma emprestado pretende devolver o valor principal usado para comprar o título acrescido de juros.

    Os títulos também são conhecidos por serem geralmente menos voláteis do que as ações, mas que também oferecem retornos interessantes. O risco reduzido de manter mais títulos às vezes leva outros investidores a aumentarem o valor que detêm em carteira. No entanto, é essencial entender que alguns tipos de títulos, como títulos de alto rendimento ou títulos “podres” também oferecem um risco maior.

    • Criptomoedas. As criptomoedas, também conhecidas como moedas digitais ou virtuais, estão entre os ativos financeiros mais cobiçados da atualidade. Essas moedas digitais funcionam apenas com tecnologia, e é também por isso que são chamadas de dinheiro da internet. O Bitcoin (BTC), por exemplo, tornou-se amplamente conhecido por negociantes e investidores do mundo todo graças a sua natureza altamente volátil. Semelhante às ações, há um alto risco e alto índice de recompensa envolvidos. Em comparação com outros ativos financeiros, as criptomoedas são mais acessíveis para compra. Como surgem cada vez mais exchanges, você pode aprender rapidamente como comprar Bitcoin com PayPal, gift cards, dinheiro e de diversas outras formas.

    Atualmente, existem mais de 12.000 criptomoedas disponíveis no mercado, proporcionando milhares de opções para escolher. No entanto, é importante notar que nem todas as criptomoedas têm o mesmo desempenho. E como as criptomoedas são relativamente novas no mundo fintech, começar a investir nesses ativos requer pesquisa e conhecimento.

    • Outros ativos. Outros ativos financeiros como ouro, petróleo e imóveis também estão presentes nas carteiras de investimento. Como cada um desses ativos tem seus riscos específicos, entenda bem o que são e como funcionam antes de investir.

    Tipos de carteiras de investimentos

    Agora que aprendemos sobre os componentes, vamos passar para os diferentes tipos de carteiras de investimentos.

    • Carteira de investimento agressiva

    Este tipo de carteira de investimento busca o maior retorno possível. Os investidores que optam por carteiras de investimento agressivas geralmente têm uma alta tolerância ao risco e longos períodos de investimento. Diz-se também que este tipo oferece um melhor desempenho no longo prazo, que pode ser de cinco anos ou mais. Simplificando, esse tipo de carteira é para investidores que não têm medo de altos riscos.

    • Carteira de investimento equilibrada

    Também conhecida como carteira de investimento moderado, este é um tipo de carteira ligeiramente agressivo destinado a investidores com um horizonte de tempo mais longo e uma tolerância média ao risco. Diferentemente da carteira de investimento agressiva que visa o maior ganho possível, a carteira de investimento equilibrada ou moderada busca equilibrar risco e retorno. Seu principal objetivo é obter uma valorização do capital no longo prazo. 

    • Carteira de investimentos conservadora

    Se os dois primeiros tipos ainda são arriscados para você, talvez a carteira de investimentos conservadora seja mais adequada. Este tipo coloca a segurança do investidor e do investimento em primeiro lugar e acima de qualquer outro fator. Uma carteira de investimentos conservadora busca manter o valor real da carteira ou protegê-la contra os efeitos drásticos da inflação. Ela é voltada para a preservação do capital e da renda atual. Além disso, apenas uma pequena quantidade de estratégia de risco é usada. Isso a torna ideal para quem está se aposentando e para quem deseja se concentrar em ter mais ativos do que a renda obtida com os juros.

    O que são investimentos Um guia para carteiras de investimento
    O que são investimentos um guia para carteiras de investimento

    Como criar uma carteira de investimentos

    Vejamos agora algumas das coisas mais importantes que você precisa ter em mente ao construir uma carteira de investimentos.

    • Saiba por que você está criando uma carteira. Comentamos os diferentes tipos de carteira de investimento e descobrimos que cada um tem uma abordagem e direção. Conhecer o objetivo de sua carteira é fundamental para obter o resultado que você deseja no longo prazo. Esses objetivos podem incluir poupar para a aposentadoria ou ganhar o máximo de capital possível. 
    • Diminua o giro do investimento. É essencial entender que alguns investimentos levam tempo para gerar recompensas. É por isso que comprar e vender ações em um curto período pode não ser ideal devido ao aumento dos custos de transação.
    • Evite gastar muito em um mesmo ativo. Lembre-se: quanto menor o valor do ativo obtido, maior é seu retorno potencial.
    • Considere ter vários investimentos. Se possível, tente vários ativos de investimento para ter uma carteira mais diversificada. Você pode experimentar ações, títulos e outros ativos financeiros, como criptomoedas. Caso você não saiba, você pode começar rapidamente com ativos digitais e até mesmo obter uma carteira Bitcoin gratuita em exchanges peer-to-peer como a Paxful. Você pode negociar seu dinheiro em troca de Bitcoin usando mais de 400 opções de pagamento de forma rápida e segura. Ter uma ampla variedade de investimentos pode ajudar você a aproveitar oportunidades financeiras de muitas maneiras e lugares diferentes. Isso também ajuda a reduzir o risco geral em sua jornada de investimento.

    Você está pronto?

    Assim como construir algo novo, criar uma carteira de investimentos também requer mais esforço e pesquisa profunda. Lembre-se: estamos falando do seu dinheiro conquistado com tanto esforço. É melhor saber onde você vai pisar antes de decidir finalmente entrar. Analise cuidadosamente cada ativo financeiro que mencionamos, os tipos de carteira de investimentos abordados neste artigo e comece a partir daí. 

    Decida em qual ativo ou ativos investir, e qual estratégia adotar. Você vai se ater a um só ativo ou optar por um investimento misto? Você vai optar por um tipo de carteira mais agressivo ou mais seguro? Há muitas opções para escolher. Faça sua pesquisa e veja qual é a melhor para você. Boa sorte!

    *O conteúdo deste artigo possui fins unicamente informativos. Você não deve considerar nenhuma dessas informações como aconselhamento jurídico, tributário, de investimento, financeiro ou de qualquer outra natureza. Você deve realizar sua própria verificação independente de fatos e dados, e talvez buscar aconselhamento profissional antes de tomar qualquer decisão.

    Compartilhe.
    Avatar de Nathan López Bezerra

    Formado em Publicidade e Propaganda pela UFG, Nathan começou sua carreira como design freelancer e depois entrou em uma agência em Goiânia. Foi designer gráfico e um dos pensadores no uso de drones em filmagens no estado de Goiás. Hoje em dia, se dedica a dar consultorias para empresas que querem fortalecer seu marketing.