O que é Cloud? – Entenda mais sobre o armazenamento em nuvem!

O que é Cloud? Como funciona na prática? Como migrar para nuvem? Quais são as melhores opções de armazenamento em nuvem atualmente? Vale a pena pagar por pacote adicional de megas em um serviço desse tipo? Todas essas são perguntas muito válidas, pois trazem especificidades do assunto.

No conteúdo de hoje, vamos explicar a você, nosso leitor, de forma mais detalhada o que é Cloud. Portanto, caso queira saber mais sobre o assunto, recomendamos que nos acompanhe até o final do conteúdo. Vamos lá, leia com a gente!

Por que a nuvem (Cloud) nasceu?

Afinal, o que é Cloud? Hoje em dia, graças à disseminação de dispositivos como smartphones, tablets e notebooks, podemos acessar a Internet de praticamente qualquer lugar, com todos os prós e contras que isso pode acarretar.

Às vezes, no entanto, pode acontecer de você criar um arquivo em seu computador doméstico, mas, quando for trabalhar no dia seguinte, pode se esquecer de trazer esse arquivo com você.

Outras vezes, no entanto, pode acontecer de você se encontrar com várias cópias do mesmo arquivo e, infelizmente, não saber qual arquivo era realmente necessário. Na pior das hipóteses, você pode perder seu smartphone, tablet ou notebook contendo todos os seus arquivos, ou pior ainda, pode até acontecer que seu dispositivo favorito pare de funcionar de repente.

O que é Cloud? Como funciona?

Afinal, o que é Cloud? Para resolver esses e outros problemas semelhantes, nasceu a nuvem (em inglês, “Cloud”) que nada mais é do que um espaço de armazenamento pessoal, às vezes também chamado de “armazenamento em nuvem”, acessível em qualquer hora e em qualquer lugar, simplesmente usando qualquer conexão com a internet.

No entanto, deve-se notar que, além de se referir ao armazenamento em nuvem, às vezes o termo nuvem também pode se referir a outros serviços oferecidos pela computação em nuvem (Cloud Computing, em inglês).

O armazenamento em nuvem, portanto, não faz nada além de sincronizar todos os seus arquivos favoritos em um só lugar, com a consequente vantagem de baixar novamente, modificá-los, excluí-los e/ou atualizá-los sem, portanto, ter que carregar discos rígidos, ou qualquer coisa, caso contrário, você normalmente pode perder ou esquecer.

Além disso, se você quiser, com armazenamento em nuvem também haverá a possibilidade de fazer cópias de segurança preciosas, além de compartilhar todos os seus arquivos favoritos com quem você quiser e por quanto tempo quiser, com vantagens indiscutíveis em termos de tempo e praticidade.

Mas é para ser confiável?

Você pode não se sentir seguro deixando seus arquivos espalhados sabe-se lá onde, mas pode não saber que já é comum há algum tempo. A que estamos nos referindo? Ao seu endereço de e-mail.

Na verdade, sua caixa de e-mail nada mais é do que um espaço pessoal e privado que só você pode acessar, onde e quando quiser.

O mecanismo de armazenamento em nuvem é mais ou menos o mesmo, exceto que, em vez de enviar, ler ou excluir e-mails, você envia, lê, modifica, exclui, baixa e arquiva todos ou parte de seus arquivos, ou seja, da mesma forma que você já está fazendo agora diretamente com seu smartphone, com seu tablet e/ou com seu computador.

Mas é realmente grátis?

Sim, até certo ponto, o armazenamento em nuvem é totalmente gratuito. No entanto, se você precisar, pagando uma pequena quantia de dinheiro por mês, pode ter ainda mais espaço disponível, com dimensões que podem ser comparáveis, se não maiores, às de um disco rígido de PC comum. No entanto, lembre-se de que na maioria dos casos o espaço livre disponível já deve ser mais que suficiente.

Como e onde posso obter meu armazenamento em nuvem?

O que é Cloud? Se, por acaso, você tiver um endereço de e-mail do Google e/ou da Microsoft, já tem seu armazenamento em nuvem pessoal disponível, então só precisa começar a usá-lo fazendo o upload de seus arquivos.

Se, por outro lado, você não tiver um desses endereços de e-mail ou, mais simplesmente, não quiser usar o armazenamento em nuvem oferecido gratuitamente pelo Google (ou seja, Google Drive) e/ou Microsoft (ou seja, Microsoft OneDrive), pode facilmente fazer uso de um ou mais dos muitos serviços gratuitos especiais.

Aqui, portanto, está uma pequena lista dos melhores serviços gratuitos de armazenamento em nuvem em que entre parênteses indicamos o espaço básico disponível. No entanto, lembre-se de que na Internet, além desses, também existem outros serviços, gratuitos ou não:

  • Dropbox (2 GB);
  • Amazon Drive (5 GB);
  • iCloud (5 GB);
  • Mega (20GB).

Vale ressaltar ainda que ao realizar determinadas ações através de alguns destes serviços – como convidar amigos a utilizar o mesmo serviço, colocar um “Curtir” na página de Facebook do serviço em causa, instalar qualquer aplicação para smartphone e/ou tablets, e outras coisas assim – será possível aumentar ainda mais o espaço básico livre disponível dentro de certo limite. Até a próxima!

Comentários estão fechados.