Como saber quanto cobrar de aluguel em uma casa ou apartamento?

Muitas pessoas investem em imóveis como forma de construir um patrimônio sólido e estável, disponibilizando suas casas e apartamentos para locação em uma imobiliária e garantindo uma boa renda extra passiva ao final do mês. No entanto, é comum surgir dúvidas quando falamos no valor da cobrança, sendo necessário considerar diversos fatores, como localização, estado de conservação, segurança, etc. Obviamente, a imobiliária pode ajudar nesse processo, mas ainda assim, é importante ter conhecimento sobre o assunto para garantir um bom negócio. Portanto, se esse é o seu caso, continue acompanhando o post de hoje e saiba quanto cobrar de aluguel de seu imóvel. 

O que influencia no preço do aluguel?

Disponibilizar um imóvel para locação é uma forma bastante rentável e segura de ter uma renda extra ao final do mês. No entanto, é importante que o valor esteja adequado ao praticado no mercado e às necessidades do proprietário, a fim de manter um equilíbrio para todos os envolvidos. 

Sendo assim, a urgência em que o imóvel seja alugado é um fator importante, pois quanto menor for o tempo, o valor do aluguel também precisa ser mais baixo para chamar atenção. Além disso, a região também impacta no valor, sendo que áreas próximas do centro são as mais procuradas. Justamente por isso, imóveis nessas localidades têm preço mais elevado e ficam menos tempo disponíveis no mercado. 

Vale lembrar ainda que o tamanho da propriedade também irá influenciar no preço, ou seja, quanto maior a metragem, maior o valor da locação. No entanto, isso não é uma regra, pois dependendo do caso, o inquilino pode precisar arcar com outros custos, fazendo com que seja necessário reduzir o preço para que ele seja atrativo. 

A idade do imóvel também tem influência, pois quanto mais novo, maior seu valor de locação, visto que costuma ter uma estrutura mais moderna, com tomadas, partes elétrica e hidráulica mais seguras, etc. Contudo, imóveis antigos também podem ser mais caros devido à localização. Portanto, é fundamental considerar todos os fatores em conjunto. 

Como saber quanto cobrar de aluguel?

Depois de entender o que é levado em consideração na hora de estipular o valor do aluguel, é importante seguir alguns passos. Confira abaixo:

Avaliação do imóvel

Na maior parte dos casos, o preço do aluguel é definido por um percentual do valor do imóvel, sendo que ele pode variar entre 0,3% a 0,5%. Portanto, se um apartamento é avaliado em R$ 200 mil, o aluguel pode variar entre R$600,00 e R$1000,00. 

Características

Outro ponto importante é saber quais serão as condições do imóvel. Por exemplo, se ele for mobiliado, o valor do aluguel com certeza será diferente, sendo que em imóveis prontos para morar, a estrutura pode aumentar em até 30% do valor cobrado. Além disso, esse tipo de imóvel costuma ficar pouco tempo disponível no mercado. 

Conheça os valores da região

Uma boa dica para quem está em dúvida sobre quanto cobrar de aluguel é pesquisar sobre os valores dos imóveis da região, pois assim é possível estabelecer uma média de preço. Contudo, é importante que eles sejam semelhantes ao seu, com metragem ou infraestrutura parecida, a fim de garantir maior precisão. Para isso, basta entrar em contato com os números disponíveis nas placas ou pesquisar em portais imobiliários específicos. 

Pense na localização

Vale lembrar ainda que o mesmo apartamento pode ser avaliado de maneira diferente dependendo da localização. Nesse sentido, bairros nobres exigem um valor de aluguel mais alto, ainda que o imóvel tenha estrutura parecida com um outro localizado em outra região. 

Momento econômico 

É fato que o preço do aluguel irá oscilar de acordo com a situação econômica do país, sendo importante também considerar esse fator para evitar que seu imóvel fique disponível por muito tempo ou que seja alugado por um preço menor que o indicado. 

Estado de conservação 

Vale lembrar ainda que o estado do imóvel será determinante para aumentar ou abaixar seu preço no mercado. Nesse sentido, saiba que se sua casa ou apartamento tiver acabamento de qualidade, uma planta bem planejada e com boas estruturas e instalações, poderá custar mais caro. 

Demais características

Por fim, depois de chegar a um valor base, existem detalhes que também podem impactar no valor do aluguel, como por exemplo vaga coberta na garagem, opções de lazer nas áreas comuns do condomínio, jardim, posição solar, etc. 

Portanto, se você chegou até aqui, já tem maior noção de como calcular o valor de seu aluguel. No entanto, é importante deixar claro que ele precisa ser justificado e baseado nos elementos que citamos, pois caso contrário o imóvel pode ficar muito tempo desocupado ou ainda ser alugado por um preço injusto para você. Então, não deixe de contar com a ajuda de uma imobiliária, pois assim você garante um valor assertivo, que atenda suas necessidades e expectativas e ainda esteja dentro do praticado no mercado.

Comentários estão fechados.