quarta-feira, fevereiro 21

    No artigo de hoje vamos te ajudar a entender a montar um bom relatório de vendas de forma estratégica.

    É bem comum que as empresas optem por utilizar um relatório de vendas, para monitorar o progresso do departamento comercial. Mas é preciso entender como montar esse documento de forma estratégica, de modo que os gestores possam tomar suas decisões com base nessas informações.

    Relatório de vendas é essencial para entender o desempenho da sua empresa e também, te ajuda a personalizar certas ações da empresa, e a estruturar um bom plano de negócio.

    O plano de negócio é utilizado no momento de abrir, manter ou ampliar uma empresa. Essencial para qualquer gestão de negócios. 

    Portanto, é importante que o relatório de vendas seja eficaz, você aprenda como criá-lo, com quais dados inserir e por onde começar.

    Relatório de vendas

    Antes de entender a importância, você precisa saber o que é o relatório de vendas.

    O relatório de vendas é aquele documento que contém as informações que foram apuradas na parte comercial, no atendimento, nas vendas, etc.

    Com esse relatório é possível localizar os pontos fortes e fracos, tudo o que precisa ser melhorado.

    Você sabe quais informações são necessárias colocar em um relatório? Como começar? Vamos te dar algumas dicas.

    8 dicas para um bom relatório de vendas

    Defina o objetivo:

    Para começar sua avaliação de vendas, é preciso especificar seu objetivo, veja quais respostas você quer ao elaborar o relatório de vendas.

    Você pode querer a resposta de como foi o desempenho da equipe de vendas no mês ou qual item ou serviço traz mais conquista.

    Após definir qual o seu objetivo, fica mais fácil definir a frequência do relatório e as métricas ideais.

    Métricas:

    A definição das métricas precisa ser levada a sério, abaixo estão as métricas mais comuns:

    • Tarifa de conversão: essa métrica mede as chances que o vendedor tem na hora da venda. É bom para comparar em qual período as vendas caíram ou não, e claro, avaliar os vendedores.
    • Ticket médio: essa é a métrica é o faturamento total dividido pela quantidade de vendas naquele período. Essa métrica permite você identificar se a sua empresa precisa melhorar na estratégia de upselling.
    • Produção do vendedor: no relatório de vendas é extremamente importante você incluir o desempenho de cada vendedor, com isso, você poderá perceber quem está indo bem e quem não está.
    • Desempenho do produto: é importante no relatório ter o desempenho do seu produto ou serviço, com isso, você pode ver quais produtos estão lucrando mais.

    Linguagem simples:

    Um bom relatório precisa ser claro e fácil de compreender, para ser uma coisa rápida de ser lida e analisada.

    No início coloque uma breve introdução, após isso o desenvolvimento e por fim, a conclusão com pontos relevantes.

    Separe as informações que você vai precisar:

    Alguns dados são necessários para a elaboração do relatório de vendas.

    • Vendedores
    • As formas de venda
    • Filiais
    • Os produtos
    • As formas de pagamentos

    Mas não esqueça que você só deve colher informações que serão relevantes para compor o relatório.

    Prazo:

    Após terminar a análise, chegou a hora de começar a mudar o que está dando errado, por isso, defina um prazo para realizar essas melhorias.

    • Relatório do time de vendas: É bom ter outra visão, a dos vendedores. Isso ajuda a eles a ter uma motivação a mais para cumprir suas metas.

    Por eles conviverem mais com os clientes, podem mostrar como os consumidores agem, o andamento das negociações, etc.

    Um relatório será perfeito para o gestor tomar certas decisões, então incentive seu time de vendas a elaborar um relatório próprio com a  visão deles.

    Utilização do relatório:

    Além de ajudar nas decisões do vendarketing, o relatório é útil para outros setores.

    Após observar os resultados, é possível também, identificar quais vendedores estão com uma produção mais baixa do que o ideal.

    E também o setor operacional pode utilizar os dados do relatório para saber quais produtos estão sendo mais adquiridos pelos consumidores.

    Formato do relatório:

    Para definir o formato é necessário entender seu objetivo, dependendo de qual seja, pode ser elaborado em uma folha de papel.

    Se for para verificar as vendas de forma mais burocrática, o ideal é algo mais curto, pode ser apenas um documento Word ou uma planilha mesmo.

    Mas se for para mostrar os resultados das vendas para o seu time, aposte em uma apresentação de slides.

    Ferramentas para fazer relatórios de vendas:

    As ferramentas para montar os relatórios de vendas, estão nas ferramentas de gestão comercial, automação de marketing, etc.

    Todos esses têm módulos para montar um relatório de vendas, e ainda são personalizáveis, basta selecionar as informações que você deseja analisar.

    Geralmente a ferramenta de CRM é a mais utilizada, tem uma boa criação de relatórios com mais facilidade e com menos erros.

    Além de ter os relatórios automáticos, a ferramenta ainda pode aproveitar as informações, e criar os próprios relatórios.

    Sua empresa tem um relatório elaborado que é bem estratégico, mas você sabe como esse relatório te ajuda a tomar decisões?

    Se você não tem certeza, é importante conferir o relatório e se necessário, refinar e atualizar.

    Como o relatório vai ajudar na estratégia do seu negócio?

    Como já falamos, o relatório vai te mostrar como está o desempenho da sua empresa, o relatório vai ajudar sua empresa em alguns pontos, como por exemplo esses:

    • Desempenho das vendas por vendedor ou por um formato
    • Desempenho das vendas internas
    • O quanto de produtos foram vendidos
    • A quantidade de conversão de vendas
    • Se o vendedor cumpriu a meta

    Essas são só algumas informações que você consegue colher realizando o relatório de vendas.

    Em relação à frequência que é realizado o relatório, vai da sua empresa, algumas empresas preferem analisar de forma mensal ou semestralmente. 

    Por isso é importante criar um padrão de análise e guardar todos os relatórios para sempre estar comparando.

    Conclusão

    E aí conseguiu entender como montar um relatório de vendas? Basta investir nas práticas que ensinamos hoje.

    Na hora de prospectar seus clientes vale a pena utilizar uma ferramenta que possibilita realizar isso com agilidade e segurança como a Cadastro Empresa.

    Se ficou alguma dúvida, coloque nos comentários ou entre em contato conosco.

    Até o próximo artigo! 

    Compartilhe.
    Avatar de Nathan López Bezerra

    Formado em Publicidade e Propaganda pela UFG, Nathan começou sua carreira como design freelancer e depois entrou em uma agência em Goiânia. Foi designer gráfico e um dos pensadores no uso de drones em filmagens no estado de Goiás. Hoje em dia, se dedica a dar consultorias para empresas que querem fortalecer seu marketing.