Close

Como escolher a área de TI em que vou trabalhar?

carreira-em-ti-como-escolher-profissao

O mundo da tecnologia nunca esteve tão em alta. Em um universo onde o trabalho remoto passou a ser uma realidade, há uma grande carência para desenvolver toda essa nova cadeia que vai desde software, hardware e suporte para todos os departamentos da empresa. Hoje em dia, nenhuma empresa funciona com 100% da capacidade sem um bom departamento de TI.

Para você ter noção da oportunidade, em janeiro de 2020, um levantamento da Associação Brasileira das Empresas de Tecnologia da Informação e Comunicação (Brasscom) indicava que o mercado de TI brasileiro possui um déficit de mais de 24 mil profissionais.

Tanto para quem está saindo da escola, quanto para quem já está há mais tempo no mercado há uma série de oportunidades pipocando e aguardando apenas que as pessoas se interessem por elas.

Para você entender um pouco mais sobre as carreiras em TI, conversamos com especialistas do Techdegreee, um dos principais sites do Brasil focados em desenvolver profissionais de TI, para saber mais sobre cada uma das áreas.

Onde trabalhar com TI em 2021

Dentro do ecossistema de TI existem diversas áreas, por isso descrememos de maneira breve cada uma delas abaixo para que você saiba de onde partir.

Segurança em TI

No setor de segurança, você será responsável por gerenciar e proteger as informações da empresa em que trabalha. E se tem um trabalho importante é esse: dados da Trend Micro mostram que 52% das empresas brasileiras tiveram dados extraídos.

O salário médio de um profissional de segurança é de R$ 4.862,00, mas com um bom plano de carreira você pode chegar a ganhar até R$ 20.000,00 por mês. Tudo que você precisa é saber a área onde gostaria de atuar e escolher uma boa empresa.

Suporte técnico

O que seria da área de tecnologia sem o time de suporte? Essa função é muito importante nas empresas, já que quem trabalha com suporte é responsável por manter todo o funcionamento dos sistemas e equipamentos.

Essa também é uma boa porta de entrada para o mercado de TI, já que com apenas um curso técnico diversas oportunidades se abrem para você. O salário médio de um técnico de suporte gira em torno de R$ 1.698,00, mas pode chegar até R$ 3.164,00 segundo o site Vagas.com.

Desenvolvimento de Software

O desenvolvedor é o profissional que é símbolo da área de TI, sendo a programação é um processo de escrita, testes e manutenção de programas de computadores.

O programador é o profissional que cria, desenvolve e mantém diferentes tipos de softwares em sistemas amplos ou para uso em computadores pessoais, tablets e smartphones.

O salário médio de um programador gira em torno da casa de R$ 2.774,00, mas pode superar muito esse valor, depende apenas de onde você trabalha.

Administração de redes

Como computadores podem conversar se não estiverem em rede? Seja uma rede doméstica ou a Internet, o profissional de redes é aquele capaz de implantar, administrar, dar treinamento e oferecer soluções para que sistemas se conversem e desempenhem sua plena capacidade.

O salário médio de um profissional de redes com curso técnico gira em torno de R$ 2.000 por mês, mas um especialista numa grande corporação poderá receber facilmente mais de R$ 8.000 mensais.


Qualidade de softwar


Não adianta ter ótimos programadores se você não consegue garantir a qualidade do software que eles desenvolvem. Menos explorada que as áreas anteriores, ela é responsável por garantir que o produto desenvolvido não terá falhas.

Para seguir nessa área é preciso ter conhecimento em linguagem de programação e o salário médio de um profissional de redes com curso técnico gira em torno de R$ 3.739 por mês, mas um profissional sênior numa grande corporação poderá receber facilmente mais de R$ 10.000 mensais.

Agora que você já conhece um pouco das áreas acredito que ficou mais fácil escolher por onde começar a trilhar sua carreira em uma das áreas com maior demanda de profissionais no Brasil.

scroll to top